quarta-feira, 24 de maio de 2017

Miss Rio Grande do Norte 2017 é Milena Balza, a bela representante de São Gonçalo do Amarante

Milena Balza tem 19 anos e 1,80m de altura (Foto: Reprodução/Curiosando)

A bela Milena Balza, representando São Gonçalo do Amarante, foi eleita Miss Rio Grande do Norte 2017, em concurso realizado na noite de terça-feria, 23, no Teatro Riachuelo, em Natal.

Coroada pela linda Danielle Marion, segunda colocada no Miss Brasil 2016, Milena Balza tem 19 anos, 1,80m de altura, estuda Publicidade e tentará trazer a cobiçada coroa nacional, merecida há tempos por este Estado que sempre elege grandes favoritas.

A 61ª edição do concurso, que é coordenado pelo jornalista George Azevedo, diretor da Tráfego Models, agência de beldades potiguares, contou com a ilustre presença de Martha Vasconcellos, Miss Universo 1968, e três misses RN na apresentação: Kelly Fonsêca (2012), Deise Benício (2014) e Manoella Alves (2015).

Este ano a etapa potiguar foi realizada mais cedo, já que tradicionalmente o concurso costumava acontecer entre julho e agosto. O confinamento das candidatas começou em 18 de maio. (Com informações do Curiosando).

*Costa Branca News.

Miss RN 2017: Candidatas de Mossoró e Canguaretama ficam com a segunda e terceira colocações

Milena Balza sendo Coroada pela linda Danielle Marion, segunda colocada no Miss Brasil 2016

A representante de São Gonçalo do Amarante, Milena Balza, 22 anos, estudante do curso de Publicidade, foi eleita a mulher mais bonita do Rio Grande do Norte no concurso Miss RN 2017 realizado no Teatro Riachuelo, em Natal, na noite de terça-feira, 23. 
O concurso foi transmitido pela TV Band Natal e teve apresentação do jornalista Cristiano Felix.

O luxuoso evento contou com participação das miss Kelly Fonseca, Deyse Benício e Manoela Alves. A cantora Camila Masiso participou do show de beleza e emoção.


Milena Balza venceu vinte e quatro concorrentes e vai representar o Estado no Miss Brasil 2017, em São Paulo, no dia 19 de agosto.


Em segundo lugar ficou a candidata de Mossoró, Beatriz Brito, e com a terceira colocação Isabella Cecchi, de Canguaretama. (Com informações Elias Jornalista).

Miss Mossoró Beatriz Brito, segunda colocada
Miss Canguaretama Isabella Cecchi, terceira colocada
George Azevedo, realizador do concurso
Milena Balza, Miss RN 2017

Fotos: Elias Medeiros.
Costa Branca News.

FELIPE GUERRA-RN: MOTO É TOMADA DE ASSALTO NA ZONA RURAL

Uma moto foi tomada de Assalto no final da tarde de hoje terça-feira 23 de Maio de 2017 na zona rural de Felipe Guerra, região oeste do estado, segundo informações, um homem estava no mato quando a vítima nome preservado da comunidade de Tabuleiro passava por um determinado local em uma estrada Carroçável quer Ligar a comunidade de Tabuleiro ao Riacho Preto.

A primeira vítima de nome preservado foi abordado pelo elemento armado e de cara limpa, no momento em que o elemento estava praticando o Assalto a primeira vítima, uma outra vítima também passou no local e também foi assaltada, da segunda vítima o elemento levou uma certa quantia em dinheiro e para dificultar a saída rápida das vítimas do local o elemento levou a chave da Pop da segunda vítima.

Já da Primeira vítima do Sítio Tabuleiro, o elemento conseguiu levar sua Moto Honda/CG 150 FAN ESI- 2009/2010 Preta, registrada para o Município de Felipe Guerra, o elemento após cometer o assalto seguiu com destino a comunidade de Santana, o mesmo ainda chegou a ser visto passando pela comunidade de Pacó, Apanha-Peixe II e Mariana I e II.

Várias viaturas da Polícia Militar de toda região esteve mobilizada na tentativa de prende o acusado, caso alguém ver uma moto com essas característica entra em contato com a Polícia Militar através do Telefone 190 ou (84) 9-9652-7855 falar com a Polícia de Felipe Guerra.

*Informação: Santana Notícia.

Após briga, relatório da reforma trabalhista é dado como lido na CAE do Senado

Após intenso bate-boca e muito nervosismo, o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), desistiu de retomar a reunião em que estava prevista a leitura do relatório sobre o projeto de lei da reforma trabalhista. Jereissati deu como lido o relatório e marcou a votação da reforma na comissão para a próxima terça-feira (30).

*JBelmont.

STF condena Paulo Maluf por lavagem de dinheiro e determina perda do mandato

Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta terça-feira (23) o deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) pelo crime de lavagem de dinheiro, além de determinar a perda do mandato do parlamentar e multa de mais de R$ 1,3 milhão. A pena foi fixada em 7 anos, 9 meses e 10 dias de prisão em regime fechado.

Os cinco ministros votaram para condenar o deputado. A Primeira Turma é composta por Edson Fachin (relator do caso), Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Marco Aurélio Mello.

(Atualização: ao ser publicada, esta reportagem informou que o resultado do julgamento foram 4 votos pela condenação e 1 pela prescrição do crime. Após a sessão, o gabinete do ministro Marco Aurélio Mello informou que ele aderiu ao entendimento da maioria, e o placar ficou 5 a 0. O texto foi atualizado às 18h16).

O tribunal não decidiu pela execução imediata da pena e, com isso, a defesa ainda poderá entrar com recursos no Supremo, chamados de embargos de declaração, para questionar a decisão.

Só depois de julgados os recursos, se mantida a decisão desta terça, é que o deputado poderá ser preso, e a Câmara terá de decretar a perda do mandato. Isso poderá durar, ao menos, dois meses (leia mais abaixo).

Após o julgamento, o advogado de Maluf, Antônio Carlos de Almeida Castro, afirmou que aguardará a publicação da decisão pelo STF para entrar com recurso. Segundo o advogado, até que a decisão seja publicada, Maluf continuará cumprindo normalmente o mandato como deputado.

"A defesa continua acreditando na teses que defendeu na Turma e as levará ao Pleno assim que for publicado o acórdão. O deputado segue confiando na Justiça e aguardando a decisão final do Plenário do Supremo", afirmou o advogado.

Nos recursos, entre outros pontos, a defesa pode argumentar que Maluf não pode ir para a cadeia por causa da idade avançada - ele tem 85 anos.

*JBelmont;

Andrea Neves pede para ser solta e joga responsabilidade para o irmão Aécio

A defesa de Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG), pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a revogação de sua prisão preventiva, convertendo-a em medidas alternativas. Ela foi presa em razão da delação de executivos do frigorífico JBS. O advogado Marcelo Leonardo, que a defende, argumenta que ela não tem participação nos supostos crimes e joga a responsabilidade para cima do irmão dela. (TUDO SOBRE A "REPÚBLICA INVESTIGADA")
"O pedido do PGR (procruador-geral da República, Rodrigo Janot), e a decisão agravada (do ministro do STF, Edson Fachin), em verdade, apontam razões que, se existentes, poderiam ser aplicadas para a pessoa física do senador Aécio Neves, nunca para sua irmã Andrea, residente na região de Belo Horizonte e sem qualquer ação política pessoal", argumentou o advogado.
"A jurisprudência dos Tribunais Superiores rejeita a tentativa de justificar prisão preventiva de uma pessoa com fundamentos aplicáveis a outra, por violação do princípio pessoalidade da responsabilidade penal, do qual decorre a imperiosa necessidade de individualização da fundamentação da prisão preventiva", diz outro trecho do documento.
Na última quinta-feira, com autorização do ministro Edson Fachi, a Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação que prendeu várias pessoas, entre elas Andreia, e atingiu em cheio políticos como Aécio e o presidente Michel Temer. O senador, que não foi preso, aparece pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, dono da empresa que é a maior exportadora de proteína animal do mundo, sob a justificativa de que precisava da quantia para pagar despesas com sua defesa na Lava-Jato.
Andrea teria sido a responsável pela primeira abordagem ao empresário Joesley Batista, por telefone e via WhatsApp. Mas, segundo Marcelo Leonardo, sua cliente nunca participou de questões financeiras das campanhas de Aécio, como arrecadação de recursos. Negou também que ela tenha tentado destruir provas.
"O único e isolado episódio que teve participação de Andrea Neves foi a sua conversa com o delator premiadíssimo Joesley, pessoa que até então ela não conhecia, como reconhecido pelo mesmo, quando lhe fez a solicitação de ajuda para custeio de despesas lícitas, mediante a oferta do imóvel de sua mãe, que foi recusada pelo delator premiadíssimo Joesley, que preferiu conversar, diretamente, com o senador Aécio Neves, cujo encontro foi marcado, com conhecimento de Andrea, a qual não teve mais nenhuma participação nos fatos, tendo cessado sua intervenção neste ponto", diz trecho do pedido da defesa de Andrea.
"A afirmação graciosa, contida no pedido do Procurador Geral da República, no sentido de que os requeridos poderiam 'destruir provas em liberdade', lamentavelmente encampada pela decisão agravada, não tem suporte em qualquer elemento de convicção concreto, constituindo-se em mera suposição ou frágil conjectura", diz outro trecho do pedido.
A defesa argumentou também que ela reúne "condições pessoais favoráveis para responder ao inquérito e a eventual ação penal em liberdade", como ter profissão definida, trabalho lícito, residência fixa e bons antecedentes. O documento é assinado pelo advogado Marcelo Leonardo.

*JBelmont.

O MAIOR ARRAIÁ DE APODI, É DA ALEGRIA!!!

Será no dia 10 de junho, na rua da Alegria, bairro Bacurau 1, Apodi-RN!